Como estimular o bebê a pegar objetos?


Não sabe como estimular o bebê a pegar objetos? No artigo de hoje apresentamos várias dicas práticas para você seguir. São ideias para pais, cuidadores e educadores.


Segundo pesquisas, o bebê pode ser estimulado a pegar objetos desde o nascimento até os três meses. Ao estimular a criança a pegar coisas, você estará contribuindo para seu desenvolvimento motor, cognitivo e social. Algumas atividades podem ser realizadas em casa, na escola ou até mesmo durante o trajeto dentro do carro.


Para estimular o bebê a pegar objetos não precisa investir em brinquedos, o seu próprio dedo indicador é uma ótima ferramenta para ensinar os pequenos recém-nascidos.


Como estimular o bebê a pegar objetos – Acompanhe as melhores dicas

Os recém-nascidos já podem interagir com o adulto desde a chegada ao lar. Para isso, é importante que a criança acompanhe seus cuidadores em suas tarefas diárias, sendo esta uma forma de estimular o bebê a pegar objetos em atividades corriqueiras.


Saiba que o simples fato de a criança acompanhar o adulto lavando a louça, por exemplo, já é um estímulo, pois as crianças aprendem copiando os adultos, inclusive os recém-nascidos.


Uma curiosidade é que um bebê com poucos meses consegue copiar expressões dos adultos, imagina se ele não aprenderá a segurar objetos? Basta ter o estímulo certo!

Estimular o bebê a pegar objeto desde o nascimento

Com o reflexo naturalizado na criança, estimular o bebê a pegar objetos é uma tarefa prática que pode ser incentivada desde o nascimento até os dois meses. O educador, cuidador ou pai, pode usar os próprios dedos e oferecer para o bebê segurar.


Mesmo que as mãozinhas do bebê permaneçam fechadas por uma boa parte do tempo, você pode começar a estimular usando as pontas do dedo e aproveitando para interagir com o pequeno.


As naninhas e bichinhos de pano também são usados para estimular o bebê a segurar as coisas, mas sempre observando a criança, para trazer mais segurança.


Comece com objetos com texturas lisas

A dica de ouro é começar com objetos com texturas lisas, depois é só ir introduzindo outro tipo de textura para o bebê segurar. Como trouxemos acima, os dedos são ótimos recursos para ensinar as crianças recém-nascidas a segurar coisas.

Depois, você poderá usar outros recursos como brinquedos, mordedores, naninhas e fraldinhas. No terceiro mês de vida, o bebê está desenvolvendo a coordenação olho-mão, ou seja, ele vai olhar o objeto e tentar pegá-lo.


Estimule o bebê a segurar coisas usando luzes

Outra dica de como estimular o bebê a pegar objetos é usando luzes. Os bebês recém-nascidos não enxergam com tanta facilidade, por isso, os feixes de luz são ótimos recursos para ensinar a pegar as coisas. Para essa dica prática, utilize a luz do celular ou lanterna, colocando sobre a altura do seu peito e deixe a criança interagindo com as luzes projetadas. Perceba quais são os movimentos da criança, se o olhar está fixo, as mãozinhas e bracinhos se mexendo para pegar a luz.


É um momento de aprovar o estímulo, falando com a criança e sorrindo ao perceber a interação do pequeno. Apenas cuidado para não direcionar os feixes de luz nos olhos da criança, ok?


Pendure brinquedos e objetos para estimular o bebê

A partir dos três meses, o bebê está desenvolvendo a coordenação visomotora. Isto é, ele irá olhar para as coisas que chamam atenção e tentar alcançar.


É nesta fase que você poderá pendurar brinquedos e objetos para estimular o bebê a pegar as coisas. Uma ideia é pendurar brinquedos no berço, bebê conforto e carrinho, para ele interagir durante o uso do acessório. Quando pendurados os objetos no berço, a criança irá ficar mais entretida enquanto está sozinha no local, podendo ajudar a manter sua atenção seletiva para o objeto. Ao pendurar os brinquedos no carrinho, é importante que os objetos não estejam tão altos para que a criança possa pegá-los.


Por isso, escolha brinquedos conforme a idade do pequeno, evitando aqueles que possam resultar em acidentes. Afinal, objetos muito pequenos ou que possam “soltar pedacinhos” podem acabar sendo levados para a boca do bebê, resultando em um engasgo. Fique atento!


Aposte na introdução alimentar para estimular a criança

Para acompanhar a fase do desenvolvimento do pequeno, aposte na introdução alimentar para estimular a criança acima de 6 meses. Aproveite a introdução dos alimentos naturais nesta fase, optando por deixar a criança conhecer as texturas com as mãos. Coloque em um prato o alimento escolhido para oferecer à criança e deixe que ela pegue com as mãos e leve até a boca.


Quando ele estiver maiorzinho, adicione os talheres próprios para a idade do pequeno e deixe que ele mesmo se alimente usando os utensílios.


Uma ótima ideia para incentivar o pequeno a segurar os talheres é aproveitar o momento da refeição para reunir toda a família. Mesmo que a criança se suje ou não saiba pegar os utensílios direito, deixe que ela aprenda na prática, começando com o estímulo de segurar a mamadeira. Assim, a criança começa a aprender um pouco mais sobre a sua composição corporal, seus movimentos, coordenação motora e, ainda, se diverte com a família enquanto faz as suas refeições.


Estimule o movimento de pinça do bebê a partir dos 9 meses

Acompanhando a fase do desenvolvimento da criança, estimule o movimento de pinça do bebê a partir dos 9 meses. A partir dessa idade, o bebê consegue pegar coisas pequenas como objetos, grãos de feijão, milho e brinquedinhos. É importante que o ambiente esteja seguro nessa fase, pois além de estar desenvolvendo o movimento de pinça, o bebê também está engatinhando, alguns até dando os primeiros passos.


Aproveite o momento para desenvolver atividades artísticas, brincadeiras com objetos de diversas texturas e tamanhos. Use objetos coloridos para incentivar o bebê a pegar objetos.


Para estimular o bebê a pegar coisas, use objetos coloridos para incentivar a criança nessa fase do desenvolvimento infantil. Os brinquedos como blocos, emborrachados e até mesmo os materiais escolares, como giz e lápis colorido, são ótimas ferramentas para os bebês estimularem sua coordenação motora.


Você pode oferecer diversos tipos de brincadeiras nas quais a criança vai até o objeto para pegá-lo, ou ao mesmo tempo se dirige até eles usando os braços. Nesta fase de querer segurar coisas e de estimular o bebê a pegar objetos é indispensável que o adulto esteja por perto, incentivando e promovendo a proteção da criança.

11 visualizações0 comentário
pngwing.com (2).png