Curiosidades do desenvolvimento infantil

Com o recém-nascido tudo é novo. Além disso, as curiosidades inatas da idade se perdem ou são alteradas. Nesse texto você vai encontrar muitas destas situações:


1 . Nascem sem joelhos


Na verdade, não é que não tenham rótulas. Elas apenas não estão ossificadas; nos meses seguintes ao nascimento, através de um processo natural, elas se desenvolverão.


2. Os bebês não suam


Ou melhor, suas glândulas sudoríparas ainda não estão totalmente "maduras". O suor começa a ser observado somente a partir dos 6 meses.

3. É capaz de prender a respiração como um adulto quando nada.

É um reflexo dos bebês fechar a glote (parte da laringe), que é onde o ar passa para os pulmões. É um reflexo involuntário que vem desde o ventre materno, já que o mesmo é um meio líquido.


4. Os recém-nascidos espirram com frequência

É uma atividade comum, principalmente quando nascem, e nem sempre significa gripe ou alergia. Isso tem a ver com o tamanho das narinas e a forma com que as secreções se mobilizam dentro delas.

6. Choram, mas não produzem lágrimas

A produção de lágrimas é observada somente no terceiro mês de vida, embora possa acontecer antes. No entanto, há uma produção basal da lágrima que permite que o olho esteja sempre lubrificado.


7. O tamanho da cabeça de um bebê é proporcional ao seu corpo

O cérebro de um bebê corresponde a 10 por cento do seu peso, enquanto a cabeça corresponde a um quarto do seu peso total. Quando se nasce com peso adequado, o peso médio do cérebro é de 350 gramas. No entanto, a proporção do corpo muda à medida que cresce; isso sim, como a cabeça é predominantemente composta de osso e água, tem um peso importante em relação ao do resto do corpo.


8. Nascem sem bactérias no corpo?


A resposta é relativa. No interior do útero, os bebês estão envoltos em membranas e imersas no fluido amniótico que o protege e separa do resto do ventre materno. Eles estão em "estado estéril". E, embora não nascem com bactérias patogênicas que coloquem em perigo a sua vida, no momento do parto adquirem por meios naturais as bactérias que colonizam o canal vaginal; também recebem informações bacterianas através do leite materno para formar a sua flora bacteriana intestinal.


9. Um recém-nascido se concentra em objetos a 25 cm de distância do seu nariz, a mesma distância entre ele e a sua mãe durante a amamentação


Alguns especialistas sugerem que as crianças podem ver até 30 centímetros de distância; no que de fato é a mesma distância entre ele e a sua mamãe enquanto esta o amamenta. Outros especialistas apontam que isso não é uma verdade absoluta, pois quando a criança nasce não tem a capacidade de focar visualmente em algo e o tamanho do olho é proporcionalmente maior que a imagem formada na sua retina; portanto, deixa de perceber imagens maiores do que essa distância.


10. Eles crescem muito nos primeiros anos


Entre o momento do seu nascimento e os dois anos de idade, os bebês crescem muito. Nos dois primeiros anos de vida quadruplicam de tamanho: duplicam o seu peso do nascer até os seis meses, e o triplicam no final do primeiro ano. O período de crescimento mais rápido ocorre entre o momento da fertilização e os primeiros 6 meses após o nascimento; durante o último período, o bebê ganha peso mais rápido que nos três primeiros meses. Em seguida, desacelera e o processo continua de maneira uniforme até os 10 anos, quando se acelera novamente.


Lucas Silva

Proprietário da rede Baby Gym

42 visualizações0 comentário