Primeiro mês do bebê: características e principais cuidados


A gravidez é um período em que diversas dúvidas podem surgir e isso não muda quando o bebê nasce. Como alimentar a criança, como dar banho, quais hábitos são normais, por exemplo, são algumas questões que aparecem. Para os pais de primeira viagem, criar uma criança se torna um desafio ainda maior, principalmente nos primeiros meses do bebê.



O primeiro mês do bebê é um período de muito desenvolvimento e, por isso, uma etapa muito importante. Estar atentos para as características e hábitos do bebê nesses 30 primeiros dias ajudará os pais a lidar melhor com essa fase. Alterações no peso, na postura e o desenvolvimento de reflexos, por exemplo, são algumas das mudanças que você pode acompanhar no primeiro mês do bebê.


Muitas ações podem parecer motivos de alarde quando na verdade são características comuns. Mas é importante prestar bastante atenção para, caso seja necessário, buscar um especialista. Mas como o recém-nascido não vem com manual de instruções, pode ser um pouco complicado entender o que é normal e o que não é e quais as necessidade do bebê no primeiro mês. Por isso, trouxemos algumas informações que irão te ajudar.


Características do bebê no primeiro mês


Nesta fase, o peso do bebê varia entre 3,2 até 5,0 kg com um ganho mensal de 600 a 750 g. No primeiro mês do bebê uma perda de peso de 5% a 10%, em média, é comum. Mas a partir dos 14 dias esse peso é recuperado. Além disso, a estatura da criança varia de 51,5 a 56,5 cm.


A rotina de sono do bebê no primeiro mês ocupa boa parte do dia. Ele irá dormir de 14 a 16 horas por dia, acordando de 7 a 12 vezes para se alimentar. Além disso, o bebê vai urinar 2 ou 3 vezes e defecar 4 ou 5 vezes por dia. É normal que as fezes sejam líquidas e tenha a cor amarela ou esverdeada.


Outra característica importante desse período diz respeito ao desenvolvimento dos reflexos. Isso porque, apesar de ainda não enxergar bem, o bebê já consegue fixar os olhos na mãe e reconhecer seu cheiro e voz. Sua postura também sofre mudanças, pois a criança já consegue agarrar o dedo de um adulto quando estimulado. Além disso, ela já conseguirá esticar os braços e as pernas e direcionar a cabeça para trás.

Quanto a respiração do bebê no primeiro mês, fique tranquila porque ela realmente é barulhenta e irregular, não há nada de errado com o neném. Além disso, soluços, espirros e golfadas são super comuns e desaparecem com o tempo.


Como cuidar do bebê no primeiro mês


Agora que você já sabe das características do bebê, é importante conhecer também quais são os principais cuidados que se deve ter. É com a alimentação e a higiene da criança que você deve ter mais atenção nessa fase. Desse modo, acompanhe a seguir as melhores maneiras de cuidar do seu bebê.


Alimentação


O bebê deve se alimentar exclusivamente do leite materno. Além disso, a amamentação é recomendada até pelo menos os 6 meses. O leite materno consegue prevenir alergias, doenças respiratórias e inflamatórias e diarréias devido ao anticorpos presentes no leite. Ademais, é no leite que estão os nutrientes e minerais necessários para um bom desenvolvimento do organismo da criança.


No entanto, se a mãe não conseguir alimentar o bebê com leite materno, não se preocupe. Isso porque existem leites em pó próprio para cada idade da criança, mas que só devem ser usados com orientação de um profissional. Além disso, bebês que consomem leite em pó costumam sofrer mais com cólicas. Isso acontece porque o intestino do bebê ainda está se desenvolvendo e se tornando maduro para digerir corretamente o leite.


Higiene


Os banhos devem ser diários e é importante tomar muito cuidado para evitar infecções. Por isso, utilize água morna, em um ambiente quente e com a cabeça e pescoço do bebê para fora da água, para não entrar nos olhos e nem nos ouvidos. No entanto, os banhos podem ser dados a cada 3 ou 4 dias desde que a limpeza das fraldas e do umbigo sejam bem feitas. O cordão umbilical cai entre o sexto e décimo quinto dia de vida do bebê, a higienização do umbigo no banho ou com álcool são o suficiente para evitar infecções.

Sobre as unhas do bebê, corte-as sempre que notar que é necessário. Apesar de finas, quando estão grandes o bebê pode acabar se arranhando. Além disso, o quarto do bebê é um ambiente que deve estar sempre bem higienizado. Por isso, visitas de pessoas de fora devem ser bem restritas nos primeiros dias.


Brincadeiras


Criar vínculo afetivo com o bebê nos seus primeiros meses de vida é muito importante. Causar a sensação de conforto e segurança para a criança é fundamental. Uma das formas de construir essa relação é acalmando o bebê com brincadeiras. Você pode dançar com o neném no colo, apoiando a cabeça dele no seu ombro, por exemplo.

Cantar músicas incluindo o nome da criança também é uma ótima sugestão. Além disso, passeios na parte da manhã, entre as 7 e 9 horas, em ambientes abertos, podem ser muito bons para o desenvolvimento do bebê.

6 visualizações0 comentário